quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Criminalidade e Pirataria


Em 10/12/10, pude ter a honra de assistir uma palestra no Sesc com o respeitável Rodrigo Pimentel, mais conhecido como Capitão Pimentel. Capitão reformado da Polícia Militar do Rio de Janeiro.
Membro da Polícia Militar: de 1990 a 2001.
Como Capitão atuou no Bope: de 1995 a 2000.

  • É pós-graduado em Sociologia Urbana pela UERJ;
  • Foi Articulista (Autores recorrentes de artigo) no Jornal do Brasil;
  • Foi Co-produtor do Documentário do Ônibus 174;
  • Ex-integrante do Bope;
  • Hoje Consultor de Segurança;
  • Atualmente é Comentarista Social da Rede Globo e faz participação no RJTV 1º Edição.
CAPITÃO PIMENTEL


SESC MADUREIRA

Pretendo ser breve com minhas palavras, não passar necessariamente tudo o que foi falado por ele, porém, um breve
comentário dos pontos que ficaram mais marcados, e de grande entendimento.
Vivemos em um mundo capitalista, um mundo que tudo que é bom, e o que os nossos olhos veem já ser tornam uma vontade, um desejo de consumir. Há pessoas que conseguem se manter firmes e sabem o que comprar (conseguem se controlar), outros compram o que não é de necessário, apenas alimenta o seu desejo consumista, há outros que preferem comprar quando realmente precisar, e há outros que precisam comprar, necessitam comprar, sentem o desejo de comprar, porém, não têm recursos para comprar. Daí surgiu o comentário CRIMINALIDADE E PIRATARIA.

Bom, quando falamos de pirataria, nos vem à mente CD PIRATA. Claro, que não há só cd pirata, mas esse já é o ponto forte, talvez pelo comércio se encontrar em nosso dia-a-dia, vemos isso em toda ‘esquina’.
Capitão Pimentel comentava sobre a época em que o Rock se tornou um grande estilo musical, onde era se ouvido em todos os lugares, em torno de 1965, por aí. Mas, como a demanda pela procura era grande, assim crescia o mundo do cd pirata.
 Nota-se então, que a música em geral já não é tão bem vista, não é tão bem contemplada, ou seja, ela não está sendo valorizada porque estar sendo pirateada.Nós até ouvimos, mas passa a se tornar desvalorizada quando é comprada ilegalmente.
Em todo local vemos vendedores ambulantes comercializando cd pirata, assim vemos também consumistas de cd pirata de todos os gêneros, seja musical a filme. Mas, interessante foi o que o Capitão Pimentel disse: ‘Há uma grande quantidade de consumidor de cd pirata, mas o que menos é comercializado (não que não seja), o que menos se consomem são o de gênero Gospel, pelo fato da doutrina cristã.’
Assim como a Pirataria, Capitão Pimentel comentou sobre a maconha, e nos perguntou: ‘Há alguém aqui que fuma maconha?’. E claro, se tivesse alguém, acho que não falaria.
Nós rimos, e apenas um lhe respondeu: ‘não, pois sou alérgico.’ [irônico]
Na hora foi engraçado, porém, sabemos que a maconha tem trazido muito transtorno, assim como a sua comercialização, então, ela não deixa de ser um tráfico, pois é ilícito. E através da comercialização de qualquer tipo de droga, cresce cada vez mais o número da criminalidade brasileira.
Outro ponto interessante comentado por Capitão Pimentel.
Capitão Pimentel palestrando: “Há anos tenho a mesma funcionária doméstica, já faz parte da família, ela me chama de ‘drigão’. Ela tem dois filhos, um sempre foi mais esforçado que o outro. Um joga muito futebol, e está se dedicando a essa carreira; o outro nunca foi muito esforçado. E um dia ela conversando, comentou...”.

Funcionária Doméstica: “Drigão, você acredita que o meu filho me pediu um tênis de molinha? Mas, eu disse a ele que não podia dar, então, ele me pediu o falsificado, mas nem o falsificado eu pude dar (risos)”.

Capitão Pimentel: “Eu não gosto deste tipo de tênis, além de serem caros, eles são desconfortáveis”.

Capitão Pimentel palestrando: “E vocês acreditam que este menino saiu de casa porque a mãe não pôde lhe dar o tênis de molinha?”.
Então, depois de meses ela descobriu que seu filho se envolveu com o tráfico de drogas, foi preso, e quase morto. Eu pedi para chamar o garoto, pois queria saber o que houve, ele simplesmente me disse que entrou para essa vida porque queria comprar o tênis de molinha.

MORAL DA HISTÓRIA: A criminalidade se torna cada vez cruel, pois somos cercados pelo consumismo a todo tempo. Mas, precisamos repensar toda vez que formos comprar um cd pirata, um tênis falsificado ou qualquer produto que seja crime a sua comercialização.
Por qual motivo? Porque, um talento leva tempo para ser reconhecido, um talento leva tempo para ser estudado e aprimorado. Injustos somos nós que não enxergamos o valor deste tempo.
Mas, por outro lado, a pirataria foi gerada pelo fato do valor se alto, talvez se o valor fosse acessível, a pirataria nunca chegaria a nossas mãos. (porém, um fato não justiça o outro, quando ele é criminal).
Criminoso não é só o que comercializa, acho que mais criminoso é o que alimenta a comercialização, assim, está alimentando de olhos vendados a criminalidade.


6 comentários:

Nathacha disse...

Concordo com vc sobre a pirataria , o único problema e que moro em uma cidade vizinha com o Paraguay! (que tentação)
http://medicinepractises.blogspot.com/

@naochupamanga disse...

Concordo plenamente com o que diz no final de seu texto. O verdadeiro criminoso é o que alimenta o crime organizado!

Dondoquices disse...

Que iniciativa, hein?

Parabéns

Andre Mansim disse...

O comercio e a moda dita umas regras onde quem não tem determinada roupa ou determinado tenis, ou determinado celular está fora da moda e consequentemente excluido da dita alta sociedade, então como essas coisas são muito caras, as pessoas começam a comprar produtos piratas, que muitas vezes são feitos aqui, mas que 90% vem da China. Esses dia eu ví um vídeo no youtube que mostrava os chineses fazendo bolsas com couro de cachorros e de gatos, e eles tratavam os animais ainda vivos como se fossem lixo... Uma vergonha para o tal ser humano!!!!

Passa lá no meu blog pra conhecer!!

Nina disse...

Ótimas colocações.
Já tinha assistido também palestras sobre o mesmo assunto.

Passando aqui, também, para avisar que publiquei um novo assunto no blog. Confira!!

Abraço de NINA

Forum Celular espiao disse...

Gostei muito deste site e por isso resolvi colocar uma mensagem para conhecimento de todos. Já existe uma maneira de se fazer grampo de celular. Chama-se telefone espião. Você pode encontrar no site www.celularespiao.net

Postar um comentário