quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Um novo olhar


  Acho que posso afirmar que a droga está no consciente de cada um de nós. Pois, muitos têm a nítida noção de que a droga é um ‘droga’, e que pode chegar a óbito.
  Seja qual for o tipo dela, não importa, a droga só muda o nome, e a sua dependência, pois dependendo do caso do indivíduo, ela se torna mais viciosa ou apenas controlável.
  Podemos observar casos de grandes famílias que se desestruturaram por falta de fé na pessoa que se perdeu no meio de um vício. Nisso, quando andamos pelas ruas podemos notar muitos cidadãos que hoje já não são mais conhecidos como alguém na sociedade, mas sim como vagabundos, traficantes, viciados e outros apelidos desagradáveis.
    E cada vez mais a estatística de viciados cresce no Brasil, e não podemos sempre ‘ jogar ’ a culpa no Governo, apesar dele ser um dos maiores culpados, não diria culpado, mas um dos maiores meios importantes para evitar o crescimento. Como diz um famoso ditado ‘ O mal se corta pela raiz ’, assim deveria ter sido com as drogas, já que não a cortou pela raiz, simplesmente elas cresceram, se reproduziram, e não morreram, elas APENAS estão MATANDO pessoas.
     Nós não podemos mover o mundo e botá-lo do jeito que nós achamos que será melhor, mas podemos juntos moldá-lo de um jeito que fique melhor para todos, sejam em todos as áreas, mas aqui eu falo sobre as drogas, um vício, que aos poucos está destruindo ‘ milhares ’ de famílias, sejam das classes mais baixas às mais altas. Pois, quando falamos de DROGAS, não interessa a situação social, e sim a situação humana.
      Tenho a consciência que muitos não querem sair dessa vida, e que já se acostumaram, e hoje já ignoram toda e qualquer ajuda lhe oferecida. Porém, nunca podemos virar as costas quando no meio de uma multidão um se levantar e pedir socorro, porque uma vida, é uma grande diferença. Porque através de um, o índice de viciados já diminui e se torna cada vez mais estável.
       Quero levar você leitor (a) a compreender que nem todos os viciados estão nessas situações porque querem, e sim porque se colocaram e hoje não conseguem sair. Pois, convivemos dentro de uma sociedade preconceituosa e que muitos não acreditam na mudança, e os que acreditam não se encontram em condições financeiras para investir em alguém que quer sair dessa vida. Portanto, quando não temos o famoso ‘ dinheiro ’, o melhor a fazer é não julgar um indivíduo pelo o todo (Universo).
       Passe a olhá-los não como rebeldes, viciados, vagabundos, abandonados. Mesmo que aos nossos olhos naturais venha ser isso, porém passe a olhar como alguém doente, que precisa de tratamento. Ou seja, vá além com os seus olhares e verás que através deles você pode ajudar vidas.


ATENÇÃO!

Droga é qualquer ingrediente ou substância químico, natural ou sintético que provoca alterações físicas e psíquicas numa pessoa. As drogas naturais são obtidas em plantas e em minerais, as drogas químicas são obtidas em farmácias (lembrando que todo medicamento é droga e faz mal se usado incorretamente) e drogas sintéticas que são fabricadas em laboratórios.
As drogas circulam pelo corpo e entram na corrente sanguínea causando dependência, problemas circulatórios, cerebrais e respiratórios, compulsão e vários outros fatores que, iguais a estes citados, podem levar à morte.

ALGUNS TIPOS DE DROGAS:
  • Cocaína;
  • Heroína;
  • Morfina;
  • Maconha e o Haxixe;
  • LSD;
  • Cogumelo;
  • Ecstasy;
  • Crack.

Para melhor compreensão sobre os tipos e seus significados, vale a pena saber. Veja!


OBS:. Depois de um bom tempo, estou com mais tempo. (RISOS), então voltei com as minhas postagens. Obrigada a você leitor (a) .

25 comentários:

Gabriel Pozzi disse...

olá!
muito bem, excelente trabalho informativo, adori a linguagem e o modo como vc abordou esse problema que detona famílias e a sociedade no geral...
acho que vai da educação mesmo, dos pais conseguirem fazer o filho compreender que ele não deve entrar nessa situação, como vc mesma disse, às vezes a pessoa não quer estar lá, não quer estar envolvida com as drogas, mas não consegue sair disso.
é triste, mas é um problema muito real, um dos maiores mals da atualidade.
parabéns pelo trabalho ;)

http://songsweetsong.blogspot.com/

Karla Hack disse...

Bem completo seu post!
E concordo que é preciso uma ação a longo prazo para melhorar a situação... A Educação sempre é um bom caminho...
Parabéns pela postagem!

;D

Wellington disse...

Gostei de sua postagem, pois é sobre um ponto de vista que eu apoio: olhar humano sobre as pessoas, sem julgá-las apenas pela aparência. Antes de julgar algum dependente químico é preciso conhecer todo o contexto que o levou a situação na qual ele se encontra. Se houver mais amor humano as pessoas não se marginalizariam e acredito que a qualidade de vida no meio em que nosso país vive seria melhor, pois como errar sério se há suporte para manter-se bem na vida, não é?

Sucesso com seu blog!

Abraços!

http://neowellblog.wordpress.com/

Nina disse...

Amanda, você quer me ajudar em minhas palestras sobre as drogas? Risos...

Tive uma satisfação em clicar no seu link, na comunidade de blogs no orkut. Pois, nesta postagem percebi que você é uma pessoa como eu, pelo menos no que pensa em relação as drogas e algumas coisas ruins que podemos, ao menos, remediar.

Parabéns!!

Abraço
NINA

Rodrigo disse...

Fazer um alerta sobre dependência química é mais que um gesto de cidadania, é louvável!

parabéns!

Abraço

Barbara Nonato disse...

Gostei do post. Você fala de forma direta e clara, o que facilita o entendimento. Informação sem rodeios! Além de prestar serviço de utilidade pública. Muito boa intenção.

Anderson Meireles disse...

Realmente essa questão das drogas é algo muito delicado. Eu trabalho com dependentes químicos e portadores de transtornos mentais e sei bem do sofrimento que é para todos eles, bem como suas famílias e todos que se relacionam com eles.
A dependência química é uma doença e deve ser tratada e encarada como tal.
Belo post,
abraço!

Marcel Camp disse...

Esse é um dos assuntos mais sérios e delicados da sociedade...!

Acho que qualquer tipo de droga, tanto as ilegais quanto as legais (nicotina e álcool) são prejudiciais ao organismo, numa maior ou menor escala. Já foi comprovado que um fumante passivo - aquele que não fuma, mas INALA a fumaça do fumante ao lado -, consegue ter o pulmão prejudicado da mesma maneira! Assim como, também comprovado, que o álcool além de ferrar todo o nosso fígado nos dando a cirrose, altera e destrói muitos fios condutores cerebrais, ou seja, no futuro, quem bebe muito, tem muito mais risco de ter problemas mentais como esclerose, do que uma pessoa que não bebe!

Enfim, é um tema seríssimo que devemos mesmo combater e impor que o Governo tome situações e soluções para o problema, que realmente é complexo... mas não impossível!

Parabéns por incitar esse debate tão importante para todos!!!

Gostei tanto do seu Blog que estou te seguindo!

www.vemaquinomeublog.com

André Poerschke Vieira disse...

ótima postagem. Estar salientando o mal que uma droga faz é primordial. Tenho vários amigos que são usuários, é uma pena vê o estado que eles estão.

http://umdiaentenderei.blogspot.com/

Cáah Lima disse...

dói no coração ver como pessoas se entregam as drogas desse jeito! Vc retratou esse assunto de uma forma bem legal... bjs
http://oicarolina.wordpress.com/

Nicelle Almeida disse...

Olá, querida!
Vim apenas te convidar para participar do sorteio que está acontecendo em meu blog. Não fique de fora e concorra a um exemplar autografado do livro 'Fé e Paixão', da cantora gospel Aline Barros. Te espero lá, ok?
Um super beijo e que Deus te abençõe!!!!!
www.nicellealmeida.blogspot.com

Mister Neurotic disse...

Proibam o cigarro ou liberem todas as drogas. MUITO SIMPLES.

Kiko Lemos disse...

Infelizmente a droga é um dos males da sociedade já vi conhecidos meus, bem estruturado financeiramete, acabarem indo parar em clinicas para se livrar do vício.

Triste, muito triste

Flor Tulipa disse...

Nossa seu texto foi perfeito!Me levou a enxergar de uma forma bem claro o que vc quis passar aos seus leitores.Hoje em dia a droga está acabando com a sociedade e muitos fecham os olhos para isso.Eu tive a experiência de sair pelas ruas conversando com muitos viciados e em encontrei em cada um,uma historia de vida fortíssima e como vc disse muitos não estão nessa vida por que querem.Hoje vejo todos como dependentes de ajudar e olho cada um como ser humano e não como lixo por que é assim que muitos da sociedade enxergam!
Belo blog querida bjs

Mariana disse...

Muito Bom
mas vc se esquec eu na lista de drogas
os seguintes itens
Calmante tarja preta
entre outros remédios
que viciam
http://agbcinderela.blogspot.com

Steve Gleidson Guedes Carneiro disse...

Obrigado por comentar no meu blog resolvi dar uma olhada no seu, gostei bastante do seu post sobre drogas pelo menos nesse assunto nós concordamos rs. Eu sinceramente acho que as pessoas devem acreditar em coisas com as quais se sentem bem, você acredita na Bíblia eu acredito em outras coisas, sem preconceitos. E eu tenho conhecimento? Depois de ler seu blog fico lisonjeado e pode passar no meu blog quando quiser eu não criei um blog pra falar exclusivamente (mal)da Bíblia rs já no post que você comentou eu falei de outros assuntos como a lei dos homossexuais que creio eu que você também não concorde enfim meu blog não é sobre ateismo e sim sobre o que eu acredito e pode acontecer que nós proximos posts eu escreva algo que você concorde e então fique a vontade pra visita-lo e deixar seu comentário mesmo que não concorde comigo rs. Sigo a filosofia de Voltaire: ''posso ser contra tudo menos quanto ao direito de dizer tudo''

Macaco Pipi disse...

quanto se tocarem, vão entender!

projetonulladiessinelinea disse...

A droga não prejudica só quem é usuário, mas tb a família deste, que se preocupa e sofre...
Não desejo isso a ninguém (ter um ente querido viciado)... :/

Victor Pagani disse...

Ótimo assunto e post informativo. Me interessei pelo seu blog, sério. Parabéns!

[]'s
blog.avoado.com

Gabriel disse...

Hey acho que você deveria mudar a fonte que você usa e também o seu perfil (gadget) está cobrindo e dificultando lêr o título do post eu sugiro que você ou mude ele de lugar ou o exclua.

Em relação ao seu post:
Droga eu convivo com isso todo dia, meus "amigos" hoje são traficantes ou Usuários de entorpecentes.
Me orgulho muito de mim mesmo quando vejo eles e me vejo, graças a deus tenho cabeça para entender o certo eo errado e não fui para este caminho da morte sendo que eu tinha tudo para ir mais não fui.

visita aew: www.bombatech.blogspot.com

Calcanhar de Aquiles disse...

O viciado em droga é um doente e como doença a droga deve ser tratada pelos órgãos competentes.

Retribuindo a visita deixo aqui um abração do amigo "Calcanhar".

♥♥NaNnA BeZeRrA♥♥ disse...

Ei, menina...excelente seu post!
realmente essa é uma questão extremamente séria e delicada. ter um familiar envolvido com drogas é a pior coisa q existe.
Para alguns pode até ser uma onda maneira, mas momentânea, que passa logo e deixa um rastro de destruição que acompanhará o dependente para o resto da vida!
Parabéns!
Obrigada por sua visita lá no meu blog e volte sempre que quiser!
beijão

Amor de Lar disse...

Muito legal o seu texto Amanda! Fiquei bem contente por você ter feito o bolo de cenoura, dá ainda mais vontade de continuar escrevendo! Li seu perfil e vi que você que cursar jornalismo...Estou na quarta fase do curso e cada vez amo mais a profissão! Espero que um dia sejamos colegas de ofício. Seguimos trocando idéias...

Um beijo!

Amor de Lar disse...

Oi Amanda!
Você vai gostar bastante do meu último post...
Passe lá e dê uma olhada.
Beijos e boa semana!

amordelar disse...

Oi! Tudo bem com você? Anda sumida!!!

Testou os bolos da Fleischmann? Fiquei curiosa!

Beijos

Postar um comentário