sexta-feira, 8 de julho de 2011

Escassa Educação


Após um mês em greve, professores do Estado do Rio de Janeiro, são convocados a repor as aulas perdidas, e são informados que não terão seus dias descontados.
O ocorrido foi em prol de um reajuste salarial, que está sendo avaliado.

Bom, o assunto abordado aqui não falará sobre a aceitação ou negação do aumento salarial dos professores. Mas, sim, da educação brasileira.
Com toda essa greve, muitos professores sem caráter se alimentam da situação para não ir as escolas dar aula, para ter o privilégio de poder ficar em casa dormindo, enquanto os outros professores estão nas ruas lutando por seus direitos.

A facilidade de maquiar a situação é tão grande, que vivenciei uma cena com ausência de caráter em toda parte, e de mínimo interesse com os alunos. Os “tais” professores que se aproveitam das situações de manifestações, depois de um mês retornam as escolas, faltando uma semana para as férias, têm a capacidade tremenda de dizer que a matéria não está atrasada, e que ainda há tempo de fazer prova, porém aqueles que se sentirem injustiçados poderão escolher entre 5,0 pontos (nota da média) ou fazer a prova. MAS, COMO ESOLHAR A PROVA? Se temos apenas 2 dias de aulas até ela? E os dias que tivemos aulas antes das greves, pouco aproveitáveis foram elas, pois nada sabe explicar, e quando tenta explicar, se complica, e quando se complica, põe o aluno para dar aula no seu devido lugar. Bom, não estou falando de professor de Português, História ou Geografia, eu estou falando de um professor de Matemática, isso mesmo, Matemática, a matéria temível por muitos!

Insatisfeita! Insatisfeita com a educação atual, preocupada com o futuro, pois os mestres, os nossos professores não têm interesses em nos ensinar, mas sim em nos comprar com “pontos”, pois entendem que o nosso maior prazer de estar na escola é apenas passar de ano (de série).
E quando os vestibulares chegam, alguns entram em um pré-vestibular da vida, mas coitados, lutam com suas forças para entender a tempo toda a matéria passada, pois enquanto podia aprender, não pôde, pelo simples fato do seu professor do colégio estar em casa dormindo.

PROFESSOR DE GREVE VAI AS RUAS LUTAR, NÃO LUTA DORMINDO.
De alguma forma você consegue enxergar dias melhores para a educação brasileira?

23 comentários:

Shairy disse...

é F*** a eduação no brasil aqui no RS também tá um horror! mas esperamos sempre por dias melhores
Sucesso Beijãozão

http://www.shairygil.blogspot.com

Kiko Lemos disse...

infelizmente é a realidade do nosso país e dificilmente irá mudar pq é cabo eleitoral nas eleições. Fica sempre o alerta para mudar esse descaso o quanto antes

Fernanda disse...

Amanda, a situação que você mencionou é, felizmente, uma exceção. Sou professora do estado, continuo em sala de aula, dando matéria e avaliação (obviamente, de forma que os alunos não saiam prejudicados em nenhum momento). Nossa situação é muitíssimo delicada, não apenas pelos salários vergonhosos, mas principalmente pelo fechamento futuro de várias escolas. Isso prejudicará, antes de mais nada, os alunos. É também nos estudantes que estamos pensando. Lutemos juntos por melhores dias, que, como o belo nome do seu blog diz, a gente não espera: gera. Beijos e sucesso!

Lucas Adonai disse...

E pensar que os maiores prejudicados são os alunos ;/

Pamela Dal'Alva. disse...

para manno que decadencia..
quem vai s lascr são osalunos nao sao eles..
a culpa disso tudo é a drog desse governo.

Cabeça Feminina disse...

adoreeei o blog e estou seguindo!!


qnd tiver um tempinho, de uma passadinha no meu?


bjooos

http://cabecafeminina.blogspot.com/

Amanda Dias disse...

Boa Tarde, leitora FERNANDA.
Assim, posso te chamar de "professora", rs. Bom, a realidade em que eu citei neste post, realmente não são para todos. Pois, ainda há professores que agem com amor ao seu profissionalismo, porém são poucos. E se de tal forma, você é um dos professores que não visa apenas passar o aluno, mas fazê-lo aprender, dou-me os parabéns!

Cícero Barbosa disse...

isso ae! to nessa!

Pathy Moreira disse...

Oi!!! Adorei seu blog e já virei seguidora, sempre vou aparecer por aqui!!! Também quero te convidar para conhecer o meu cantinho e participar do meu segundo sorteio!! Bjão

http://adoravelnecessaire.blogspot.com
@pathyamorinha

Wallace Souza disse...

Amanda,primeiramente parabéns pelo post e pelo excelente tema escolhido.
Falando agora dessa situação triste que a nossa educação passa,realmente é muito triste você em um 3°ano de ensino médio,ano de vestibular com professores em greve e sem professor(estou sem professor de matemática),é muito complicado pois as faculdades e universidades públicas não querem nem saber se você está tendo matéria no colégio ou não.Porém,entendo o lado dos professores que passam a ser "escravos" com o excesso de trabalho e com o baixo salário,mas também como você disse Amandinha,existem muitos professores que se aproveitam dessa greve para não ir protestar nem dar aula para ficar em casa dormindo até mais tarde,realmente é muito triste e complicado nos vermos em uma situação dessas.
Vamos esperar dias melhores para a nossa educação.

Maryanne Simplício disse...

Minha escola ainda está em greve. Quase não há alunos na escola. E os poucos que vão, não fazem nada praticamente. Já que alguns dos professores que estão disponíveis, pelo menos na minha escola, não querem prejudicar os outros alunos. Enquanto isso, nós alunos, somos prejudicados indo ou não pra escola nesses dias... =@

http://marysimplicio.blogspot.com/

Gabriel Pozzi disse...

olá!
bem, de fato há muitos professores que não estão nem aí com a vida e desrespeitam essa profissão maravilhosa que já não é valorizada corretamente no Brasil.
no entanto, devemos perceber que toda generalização é burra, a maioria dos professores que conheço são incríveis e com certeza não tirariam proveito de uma manifestação de reajuste para "ficar dormindo em casa".

mas eu acredito no futuro da educação brasileira, não sei se sou otimista ou iludido.

http://songsweetsong.blogspot.com/

Amanda Dias disse...

Olá, Leitor GABRIEL.
Somos dois, também acredito no futuro da educação, e creio que muita coisa ainda pode mudar SIM.

Obrigada pela visita!

Lucas D.F. disse...

é isso aiii
temos q tomar partido dessas coisas e informar
muito bom teu blog vou seguir, se quiser retribui http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com/
ficarei grato
aquele abraço

Paula disse...

professor de greve é uma piada, uma pequena parte manifesta por melhorias salarias e outra nada faz, ou melhor faz algo cruel, que é deixar a educação cada vez mais decadente com isso.

Isabeel disse...

é a educação brasileira hoje em dia não serve de bom exemplo, mas quem sabe, em um futuro bem distante pode até ser q a situação mude
gostei do blogbeijo
http://falaisabeel.blogspot.com/

Almir Ferreira disse...

Oi Amanda,

Só mesmo com muita força de vontade e alguma dose de fé é que a gente pode acreditar que a Educação no Brasil vai melhorar algum dia. Realmente, existem muitos professores que se aproveitam das lutas dos outros, enquanto vão passear, viajar ou dormir, como disse, enquanto os colegas estão tomando porrada da polícia nas praças. Muita, muita coisa tem que mudar neste país, e eu preciso acreditar que vai, senão eu largo tudo e vou fazer outra coisa.

Fiquei curioso em saber para qual curso vai prestar vestibular. Boa sorte pra você

Rama na Vimana
http://ramanavimana.blogspot.com/

Dalton Leça disse...

Amanda, Me surpreendi ao apenas retribuir uma visita de blogs e achar o seu. Antes de mais nada, parabéns por seus escritos. São muito bem fundamentados e expressivos. Com certeza me tornarei leitor assíduo dos seus posts.
Quanto a este post, é uma vergonha essa situação dos professores. E o pior que sai mais prejudicados somos nós, alunos.

Continua também acessando o meu:
http://umpoucothetudo.blogspot.com

Fábio Flora disse...

O caso que você mencionou extrapola o contexto da educação. Maus profissionais existem em todos os setores, não apenas no magistério.

Abraços e sucesso com o blog!

Garcez Dario disse...

hoje acabei de ver no jornal a luta dos professores em santa catarina... enfim.. trata-se de uma bomba relogio que vai explodir em todo o país estao por estado... professor é muito mal remunerado... eu apoio a luta deles

abraços
.
<a href="http://ouvindoparalamas.blogspot.com> www.ouvindoparalamas.blogspot.com</a>
.
.

Junior Fernandes disse...

Olá, primeiramente muito bom seu blog Amanda. Adorei o visual, bem representativo e hamornioso, sobre o post é bom sempre opinar do que acontece na sociedade. Espero que todos tenham entendido o que você quis expressar no post. Estou seguindo seu blog, se possível pediria para que você possa seguir o meu também. Beeijos, sucesso.

blogtatudodominado disse...

Gostei muito do seu blog,das sua postagens, estou te seuindo se poder retribui ficarei feliz :)

http://blogtatudodominado.blogspot.com/

Digho disse...

Oie Amanda, Cheguei até aqui pelo comentário que você fez há algum tempo no meu blog.Dei um tempo nas postagens, mas voltei com gás, preciso manter contato com blogueiros e leitores.Sucesso!! http://digho.blogspot.com

Postar um comentário